Log in

O dia do fico

ESTAVA CLARO, PARA QUEM QUISESSE VER E PRINCIPALMENTE OUVIR, QUE O STREET ROCK ESTAVA ALI PARA FICAR

Quem achou que o público de 10 mil pessoas que compareceu a penúltima etapa do Street Rock 2006 seria um recorde imbatível, teve mais uma das muitas surpresas do evento neste ano de tantas mudanças. Na etapa realizada no último dia 5, pela segunda vez seguida, mais de 10 mil pessoas prestigiaram o evento, deixando claro que em 2007 esta pode ser facilmente a média de público nas quatro etapas que serão realizadas. Em mais um dia de sol e céu azul, o que já vem se tornando uma tradição do Street Rock, a banda Asterdon pisou no palco por volta das 3:30 da tarde, com bastante
gente já ocupando a praça em frente ao Monumento a Independência. Quando a Feijão com Arroz iniciou seu show, o público tinha praticamente dobrado e uma verdadeira multidão começava a se formar no “backstage” com a chegada das bandas Ventura S/A e NX Zero. Para quem olhava do alto das escadas, o palco do Street Rock parecia cercado por uma verdadeira multidão, que se estendia dos pés do Monumento até o alto da ladeira que leva ao Museu do Ipiranga. Uma cena e tanto para quem achava que o evento perderia força com a “troca de endereço” ocorrida.

 

SR_Publico_03

SR_Publico_02SR_Publico

Estava claro, para quem quisesse ver e principalmente ouvir, que o Street Rock estava ali para ficar. Os seguranças contratados foram obrigados a trabalhar como nunca para proteger a estrutura do evento e resguardar os integrantes das duas bandas de um massacre feminino, tantas eram as garotas que se aglomeravam em volta da área VIP atrás do palco. Quando a Ventura S/A deixou o palco para dar lugar aos garotos da NX Zero, mais de 10 mil pessoas esperavam pela grande e última atração da etapa. A banda fechou o Street Rock 2006 em grande estilo, levando os fãs ao delírio, com direito a invasão de palco, desmaios, pedidos de bis, e tudo que

uma banda de rock pode esperar de um show ao vivo, em praça pública. Para aqueles que duvidavam que o evento tinha “pegada” para lotar um local com as dimensões do Parque da Independência e, principalmente, para quem nos apoiou e prestigiou ao longo de todo este ano, fica a mensagem do Street Rock, inspirada no histórico pronunciamento de D.Pedro I, feito em janeiro de 1822, data que mais tarde ficaria conhecida como “O Dia do Fico”: “Se é para o bem do Rock e felicidade geral da Nação. Estou pronto! Digam ao povo que fico”. Até o ano que vem!